Diferença entre fotografia e fotojornalismo

Texto originalmente postado no Radar da Produção, Fev/2013

– Fotografia: do grego fós (“luz”), e grafis (“estilo”, “pincel”) ou grafê, e significa “desenhar com luz e contraste”. Por definição, é essencialmente a técnica de criação de imagens por meio de exposição luminosa, fixando-as em uma superfície sensível  – [Fonte: Wikipedia]

Sim, eu sei! Essa definição não diz muita coisa para quem é leigo no assunto! Mas, basicamente, tudo que se vê só é possível ser visualizado porque a luz incide nos objetos (seres, etc) e é luz refletida para os seus olhos. Na fotografia a câmera só imita o que os seus olhos já fazem naturalmente, desde que você nasceu. Porém, no lugar de olhos, a câmera tem lentes e um sensor (antigamente era um filme fotográfico, hoje é um sensor chamado CCD ou CMOS), que transforma a luz refletida (ou incidente) dos objetos em pulsos elétricos, que por sua vez, formam as imagens que vemos hoje nos computadores.

Ok… agora que sabemos o que é fotografia, vem a pergunta. Qual a diferença de qualquer outra foto para a fotografia jornalística?

Uma das definições mais simples e corretas que já li por aí é: “Fotografia jornalística é uma narrativa produzida com imagens.”

Pronto, resumi meu texto todo em 7 palavras. Mas vamos entender um pouco mais, para eu não perder meu emprego de colunista …

A foto jornalística precisa informar, contar uma história. O repórter fotográfico enquadra cada elemento da cena em um canto da imagem para passar uma mensagem. Quando um personagem está à esquerda, seu cérebro interpreta de uma maneira, quando está à direta interpreta de outra… Às  vezes um simples passo pro lado pode mudar completamente o sentido de uma foto.

11137675595_7afd10abd4_o.jpg
(Foto: Thiago Lara/ Jornal Povo do Rio)

Na imagem que vemos ao lado, por exemplo, a mensagem é que as crianças estão aprisionadas dentro de suas próprias casas, e com a chegada da UPP uma nova chance estaria surgindo para elas (entender que o momento político da época – e do local –  é fundamental para fazer uma boa leitura das fotografias). Agora, se eu tivesse dado um passo para o lado direito e fotografado somente o policial, a mensagem seria a mesma?
Um outro ponto bastante importante é que a foto jornalística tem que estar em completa harmonia com o texto, caso contrário a missão de levar informação não estará completa. Quando saio da redação, a foto já tem que estar pronta em minha mente, e a partir daí, vou para o local em questão, apenas para executá-la, de acordo com a mensagem que quero passar.


O instante decisivo
Como já dizia Cartier Bresson, o momento decisivo é a alma do negócio.
(não era isso que ele dizia, mas era o que ele queria dizer)

Por exemplo, quando você vai fazer uma foto do seu pé, pode esperar e mudar ele de posição quantas vezes quiser. Só que não é o caso do fotojornalismo. As coisas acontecem em uma fração de segundos e o click perdido nunca mais voltar. Mesmo assim, você precisa pensar em qual o melhor ângulo, qual a fotometria certa, qual o melhor lugar para focar, quando o assunto vai atingir a melhor pose, de onde estão vindo as balas (se for o caso, rs). Pensar em tudo ao mesmo tempo e não poder controlar (quase) nada da cena é o maior desafio do fotojornalismo, e o que o diferencia dos outros estilos fotográficos. Temos sempre pouco (ou nenhum) controle sobre o que está acontecendo. Não dá para pedir, por gentileza, que alguém repita um tiro ou que um personagem vire um pouquinho mais para o lado porque a luz é melhor. Bem, às  vezes existe interferência por parte de alguns ‘profissionais’, mas essa é uma outra história, que eu vou deixar para um próximo post!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s